Siga nas redes

Batalha da Campanha Salarial começa com definição de calendário de negociações

Publicado em 03/07/2019

Fonte:


Em reunião no dia 02 de julho, as Federações (FINDECT e FENTECT) apontaram preocupações e prioridades e conseguiram adequar datas para um processo de negociação rápido, com previsão de assinatura do acordo até o final do mês ou greve a partir de 1 de agosto.

A primeira rodada de negociações foi menos fria que o recebimento da pauta de reivindicações da categoria pela ECT. Os representantes da FINDECT e FENTECT conseguiram dialogar e adequar o calendário para que as negociações sejam objetivas. Com isso, a ECT trará respostas às reivindicações da categoria com rapidez. As propostas serão apresentadas nas próximas reuniões e a financeira já no dia 11, com assembleias e negociações finais a partir do dia 16 de julho.

Os companheiros Elias Diviza, Rufino e Anézio representaram a FINDECT e solicitaram de imediato a prorrogação do acordo coletivo por mais 30 dias após o vencimento, para garantir prazo para a luta da categoria.

Também levantaram a preocupação de resolver a situação de pais e mães na Cláusula 28, do convênio médico. A empresa se esquivou, dizendo que esse debate está no TST, mas ele voltará à tona nos próximos dias. A preocupação com a privatização também foi levantada, sobretudo a necessidade de discutir a manutenção dos empregos.A FINDECT e os Sindicatos filiados deixaram claro que não aceitarão rebaixamento de direitos e que já estão empenhados em mobilizar a categoria para defender suas conquistas e garantir aumento salarial e nenhum direito a menos.

Diviza também reclamou dos DDAs mal feitos e da situação gerada com os motociclista, que estão perdendo função devido a isso. E expôs o atropelo que está ocorrendo em Sorocaba e região do interior paulista, com transferências aleatórias e retirada de carteiros que estão em unidades próximas de suas residências, para mandá-los para longe.


1ª ATA DE REUNIÃO DE NEGOCIAÇÕES DE ACORDO COLETIVO DE TRABALHO – 2019/2020 (02/07/2019)


A negociação segue no dia 04 de julho e exige mobilização total e grande demonstração de espírito de luta em toda a base da categoria para chegar a vitórias.

Veja o calendário de negociações completo:

Principais reivindicações da categoria

●Reposição integral da inflação de acordo com índice do IPCA – DIEESE.
●Aumento linear real de R$ 300,00 em razão do aumento de produtividade.
●Todos os valores constantes do Acordo serão reajustados pelo percentual do Reajuste Salarial.
●Vale alimentação no valor de R$ 45,00.
●Vale Cesta no valor de mercado calculado pelo DIEESE R$ 450,00.
●Seguro de vida para motorista, motociclista, OTT’s, operador de empilhadeira/transpaleteira e operador de RX.
●Quebra de Caixa no valor de R$ 470,75 (quatrocentos e setenta reais e setenta e cinco centavos).


CLIQUE AQUI E VEJA A PAUTA DE REIVINDICAÇÕES COMPLETA


Compartilhe agora com seus amigos