Desafio da Campanha Salarial 2021 é recuperar o que foi retirado do Acordo Coletivo

Publicado em 10/06/2021

Fonte:


A FINDECT protocolou a Pauta de Reivindicações da categoria para a as negociações da Campanha Salarial 2021/2022 no dia 28 de maio, com foco no retorno de direitos retirados a partir de 2019 e no reajuste dos salários e benefícios econômicos acima da inflação!

A data-base da categoria ecetista é 31 de agosto. Esse é o dia em que encerra a validade do Acordo Coletivo em vigor e começam os efeitos do novo, com validade até 2022.

É esse Acordo que começará a ser negociado a partir da entrega da pauta de reivindicações pela FINDECT no dia 28 de maio, elaborada a partir das assembleias realizadas pelos Sindicatos filiados no mês de maio.

Os desafios são imensos

Os trabalhadores estão sofrendo perdas terríveis nas mãos de um governo e uma direção militar da ECT negacionistas, privatistas e superexploradores. E dos muitos gerentes regionais e setoriais, que aplicam as ordens e até vão além nas maldades.

O excesso de trabalho, vindo da falta de funcionários, e a pressão para trabalhar dobrado e nos finais de semana e feriados está acabando com a saúde física e mental do ecetista.

A situação é piorada pela ação da direção da empresa na pandemia, que faz a categoria trabalhar desprotegida, sem direito a distanciamento e isolamento, e leva ao adoecimento e à morte de centenas de companheiros de trabalho.

A isso soma-se a violência nas ruas, que só piora quanto mais aumenta a entrega de encomendas e a miséria nas periferias das cidades grandes e pequenas, puxada pelo desemprego crescente, que o governo não sabe como combater, e não quer, porque suas políticas econômicas visam a aumentar os lucros dos bancos e das empresas, às custas da miséria da população.

Recuperar as perdas

Esses fatores tornam os retrocessos impostos no Acordo Coletivo de 2019/2021 insuportáveis. Naquele ano, a direção da empresa e o governo se aproveitaram da conjuntura desfavorável e, com a ajuda do STF, fizeram mudanças prejudiciais à categoria no Convênio Médico, com imposição de mensalidade e aumento na coparticipação, além de reduzir o número de tickets refeição e assaltar o vale peru e o adicional de 70% nas férias.

Por isso o desafio dessa Campanha Salarial é construir uma mobilização nacional forte ao ponto de conquistar o retorno das Cláusulas do Acordo Coletivo 2019/2021!

Ele foi quebrado por imposição da direção da ECT, com apoio de decisão do STF que, pela primeira vez na história, derrubou uma sentença do TST para questões trabalhistas, que era favorável à categoria ecetista.

A construção dessa mobilização começa já e tem que estar em todos os setores.

A situação da categoria é extremamente grave e exige resposta unificada, forte e contundente. Só assim vamos recuperar os direitos que foram surrupiados e conquistar reajuste acima da inflação para os salários e benefícios econômicos.

Todos na luta junto com a FINDECT e os Sindicatos!

Veja AQUI a Pauta de Reivindicações para a Campanha Salarial 2021/2022 na íntegra e entre na luta desde já.

Comprovante de envio de Pauta

Ofício Nº SGD 42-2021

Compartilhe agora com seus amigos