Siga nas redes

Ecetista passa fome para o presidente se lambuzar em leite condensado

Publicado em 27/01/2021

Fonte:


Enquanto do ecetista é retirado o tíquete peru de R$ 1 mil e o convênio médico, o presidente e a sua família gastam R$ 15 milhões em um ano só com leite condensado, mais 2,2 milhões com chiclete, mais R$ 14 milhões com pizza, num total de 32,7 milhões só com porcaria

Tá tudo no painel de compras que o Ministério da Economia é obrigado a atualizar, porque o governo queria esconder isso também. É só conferir. E tem muito mais além das porcarias. Como R$ 6 milhões em frutos do mar e R$ 7 milhões em bacon. E mais R$ 123 milhões em despesas diversas.

Em um ano, só os órgãos do executivo (governo federal) gastaram R$ 1,8 bilhões do dinheiro do povo em alimentos, guloseimas e bebidas.

A falta de credibilidade e confiança desse governo é tamanha, que curiosamente, o Portal da Transparência está fora do ar após a polêmica vir a tona, com leite condensado e outras guloseimas.

Veja mais dados na matéria do portal IG (clique aqui)

Não dá para acreditar que Bolsonaro e sua família consumiram R$ 15 milhões em leite condensado. Quantas latas dá isso?

Numa conta de padaria que circulou em grupos de whatsapp, o dinheiro que o presidente gastou com leite condensado e chiclete daria para comprar 662 mil doses de vacina contra a Covid, ou 61 mil cilindros de oxigênio para salvar vidas em Manaus, ou pagar 55 mil parcelas de auxílio emergencial, que ele tirou dizendo que não era mais necessário.

Isso tá muito mal explicado. Lembra quando o então candidato a presidente disse que usava o auxílio moradia para “comer gente”? Pois é, o cartão corporativo do presidente deve estar sendo usado para sustentar muita gente como o meu, o seu, o dinheiro do povo brasileiro.

Enquanto isso na ECT…

Cortaram o tíquete peru, o ecetista passou a pagar mensalidade pelo convênio médico, não teve reajuste salarial, sem a devida proteção contra a covid e vários outros direitos foram achatados.

Agora dá para entender melhor. Tudo isso para fazer o trabalhador desistir dos Correios, que o governo quer destruir para entregar o setor postal para as multinacionais. Porque a conversa de que não dá lucro e precisa fazer cortes para não fechar todos sabem que é mentira.

Mas também foi para sustentar o leite condensado dos gulosos do planalto. Tem muita gente mamando. Mas não ia acabar a mamata?

Desigualdade é isso. Na divisão do bolo, 10 dividem 1 pedaço para 1 só se lambuzar com os outros 9. E o Brasil é um dos reis da desigualdade no mundo. Pra onde está indo a sua parte?

Compartilhe agora com seus amigos