Siga nas redes

FINDECT reforça importância de votar em trabalhadores para as Câmaras Municipais

Publicado em 13/11/2020

Fonte:


Votar em seus representantes para Vereador e Prefeito é fundamental para fortalecer a luta contra a privatização dos Correios

A campanha salarial dos trabalhadores dos Correios desse ano mostrou que os governos de direita e extrema-direita usam a ideologia e a corrupção para articular os poderes e destruir a segurança jurídica, os direitos dos trabalhadores e o patrimônio dos brasileiros. E que, quando a justiça se alinha com governos, sobra injustiça!

A conclusão disso é que os trabalhadores precisam parar de eleger inimigos, representantes dos interesses dos empresários, banqueiros, especuladores e herdeiros de fortunas acumuladas com a exploração do povo e a corrupção.

Precisam eleger representantes seus, lutadores com garra e idoneidade comprovadas nas lutas da categoria e da classe trabalhadora em geral.

E isso vale tanto para os candidatos a cargo majoritário, no caso atual para prefeito, quanto para os candidatos a vereador.

Trabalhador vota em trabalhador

Eleger pessoas que os representam é estratégico para os trabalhadores e para o fortalecimento de suas lutas.

Uma categoria de grandes lutas como a ecetista, precisa ocupar todos os espaços para ter representantes que a fortaleçam em suas batalhas, garantindo interlocução nos governos e na justiça e ampliando o diálogo com a população a partir do trabalho junto a ela, principalmente nas periferias da cidade, onde está sua porção mais carente e necessitada.

A categoria ecetista tem um histórico de lutas e heroísmo e tem contato com toda a sociedade, em todos os bairros, rua a rua.

Conhece todos os seus problemas e pode ser porta voz das reivindicações dos oprimidos, uma voz forte das periferias. Um representante seu também vai cumprir esse importante papel.

Não podemos cometer os erros do passado

Os trabalhadores e a população pobre e vulnerável elegeram inimigos e estão pagando caro por isso, com perdas de direitos e conquistas trabalhistas e sociais históricas.

A virada tem que se dar todo dia, nas lutas e demais embates, como a eleição de 15 de novembro. Vote em quem representa você!

Conheça os programas dos prefeituráveis

Quanto aos candidatos majoritários, é preciso avaliar com atenção os programas dos candidatos, suas declarações e seus passados para saber de fato o que cada um representa e não cair em armadilhas.

Nesse caso, como ocorreu em 2010, eleger representantes do mercado, dos bancos e dos empresários, ou seja, do capital, vai resultar na aplicação de políticas neoliberais que atacam os direitos e a renda dos trabalhadores para garantir os lucros dos bancos e empresas.

Há candidatos comprometidos com os direitos da população trabalhadora, do povo da periferia, da juventude, das mulheres, dos negros e dos LGBT.

Compartilhe agora com seus amigos