Siga nas redes

Manifesto em repúdio aos ataques de Bolsonaro contra a jornalista Patrícia Campos Mello

Publicado em 19/02/2020

Fonte:


Nós, Mulheres trabalhadoras dos Correios, repudiamos os ataques inaceitáveis, mentirosos, sexistas, misóginos e machistas proferidos reiteradamente pelo presidente Bolsonaro a jornalista Patrícia Campos Mello.

A Secretaria das Mulheres da FINDECT e dos Sindicatos filiados lamentam e repudiam as ofensas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro a jornalista Patrícia Campos Mello, que durante entrevista, atacou a repórter com uma insinuação sexual inaceitável.

Em respeito a jornalista e a todas mulheres brasileiras, nós não reproduziremos sua declaração e ataques machistas.

Vale lembrar que em 2018, a jornalista revelou através de uma reportagem investigativa um esquema de disparo em massa de fake News, via WhatsApp, durante a campanha eleitoral, que levou Bolsonaro à Presidência.

A FINDECT se solidariza com a jornalista e sua família, que após a revelação do esquema, tem sido alvo de ataques inaceitáveis que vão contra o princípio da democracia.

É inadmissível que um parlamentar, representante do povo, incite e defira ataques a qualquer cidadão com termos chulos e de apelo machista e misógino.

A FINDECT reitera seu repúdio às declarações e presta total solidariedade à jornalista Patrícia. Tais afirmações são verdadeiro desrespeito a todas mulheres brasileiras e a democracia.

FINDECT na luta pela construção de uma sociedade justa, livre e solidária.

Telma Milhomem – Secretária da pasta das Mulheres da FINDECT e diretora do Sindicato dos Correios de Tocantins.

Compartilhe agora com seus amigos