Siga nas redes

Ministro Relator define data da audiência de mediação para plano de assistência médica da categoria

Publicado em 09/02/2018

Fonte:


Na reunião com o Ministro do TST, relator do processo de dissídio, Aloysio Corrêa, nesta quinta-feira (8), a FINDECT apresentou informações sobre a real situação do Plano de assistência médica da categoria, e defendeu a importância da manutenção desta conquista. A Federação argumenta que o acordo Coletivo está em plena vigência, até o dia 31 de julho de 2018, e garante a manutenção dos direitos e benefícios historicamente conquistados pelos Trabalhadores e Trabalhadoras Ecetistas.

“Nós [Ecetistas] conquistamos, por meio de lutas, o direito à um plano de saúde que nos garanta dignidade de vida, e também a nossos familiares. Não foi um presente, mas uma vitória diante das condições que os Correios ofereciam aos seus Trabalhadores. Não vamos permitir que a categoria pague por erros de gestão e indicações políticas malfeitas. O jurídico está trabalhando dia e noite, mas é a mobilização dos mais de 100 mil Trabalhadores que vai conseguir mostrar a importância da assistência médica para os Ministros do TST”, defende o Presidente da FINDECT, José Aparecido Gimenes Gandara.

Audiência de conciliação tem data definida:

Após a intensa defesa da FINDECT na reunião com o Ministro Aloysio Corrêa, foi publicada a intimação das partes do processo para a audiência de conciliação, no dia 22 de fevereiro, às 10h. Por isso, a Federação reforça o chamado para os Sindicatos filiados, e dirigentes sindicais, para que mobilizem toda a categoria Ecetista e acompanhem, juntos, todas as etapas do processo.

O vice-Presidente da FINDECT, Elias Cesário (Diviza), defende as garantias do Acordo Coletivo de Trabalho.

“Nós apresentamos a visão do trabalhador sobre a discussão do plano de saúde da categoria. E defendemos que o ACT está valendo, e tem que ser respeitado! Essa é a nossa luta, é a nossa bandeira: Nenhum direito ou benefício a menos! E tenho certeza que os Trabalhadores Ecetistas de São Paulo, e de todo o restante do Brasil, vão lutar, até a vitória, na manutenção da assistência médica!

 

CONFIRA O INFORMATIVO 005/2018 COMPLETO, CLIQUE AQUI!
Compartilhe agora com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *