Siga nas redes

MA – Trabalhadores dos Correios no Maranhão participam de assembleia em São Luís

Publicado em 05/03/2018

Fonte:


Os trabalhadores e trabalhadoras dos Correios no Maranhão estiveram reunidos em assembleia na sede do Sindicato em São Luís nesta segunda feira (05/03). Na ocasião, foi exposto mais uma vez sobre a situação em que os trabalhadores se encontram dentro da empresa com a extinção dos OTT’s, sucateamento da empresa, ameaça de privatização, plano de saúde dos trabalhadores, suspensão das férias entre outros. Em relação à suspensão das férias, o Sindicato informou que exite uma ação do SINTECT-MA nesse sentido. Reforçou ainda que havendo necessidade, nova ação será aberta, devido ao ataque da empresa com a nova suspensão.

O Secretário geral, Márcio Martins falou a respeito das denúncias que têm chegado ao Sindicato, entre elas:

#Falta de fardamento;

#Falta de água em algumas unidades (o Sindicato, inclusive chegou a fazer entrega de alguns galões em unidades e na própria sede dos Correios);

#Falta de material de expediente;

#Falta de óleo (empregado chegou a tirar do bolso para custear óleo do motor, kit transmissão da moto e até ar condicionado de umas das vans dos correios);

#Falta de água;

#Falta de manutenção de veículos e de EPIs;

#Fechamento de agências, demissões;

#Trabalhadores fazendo vaquinha (arrecadação) em CDDs e Agências para custear a instalação de aparelhos de ar condicionados que já se encontravam na unidade e nunca haviam sido instalados, compra de material de expediente entre outras situações.

Ao mesmo tempo em que a empresa coloca mais e mais serviços para serem prestados pelas agências, por exemplo, faltam recursos e mais trabalhadores para desempenharem essas atividades, principalmente nas agências e nas ruas.

Sobre a proposta do TST de custeio do plano de saúde

O Diretor da FINDECT e representante dos trabalhadores na mesa paritária de saúde, Wilson Araújo prestou alguns esclarecimentos em relação à proposta do TST de custeio do plano de saúde dos trabalhadores. Falou a respeito das discussões sobre o plano feitas nos últimos dias nacionalmente com o conjunto de trabalhadores e o jurídico dos Sindicatos dos trabalhadores de Correios em Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro e da importância de mobilização de outros.

“Não há batalha perdida, os trabalhadores precisam acreditar na sua força de luta e assumir a atitude de formar a luta ou veremos mais uma derrota dos trabalhadores sendo emplacada”, disse ele.

Mudanças no plano de saúde

1-Quanto maior o salário e mais pessoas estiverem como seus dependentes, mais o trabalhador vai pagar.

2- O mês que ele usar o plano, vai pagar.O mês que ele não usar, também vai pagar.

3-Pai e mãe: Saem do plano (a exceção dos que estiverem realizando algum tipo de TRATAMENTO, ao que não se aplicam consultas e exames)

Sobre a proposta do TST de custeio do plano de Saúde

A proposta foi colocada em votação e REJEITADA pelos trabalhadores a proposta do TST e em seguida, APROVADA a greve da categoria em todo o estado a partir das 0h do dia 12/03 (segunda feira). Vale lembrar que a audiência do plano de saúde deve acontecer nesta segunda-feira (12/03) em Brasília, a partir das 13h.

O ACT vale até julho de 2018, porém o governo defende não levar em consideração a cláusula 28 do ACT. O Sindicato como entidade que luta pelos direitos do trabalhador, sempre defenderá o que foi acordado no ACT da categoria e será contra qualquer tipo de abusividade ou perda de direitos.

Márcio falou ainda aos trabalhadores sobre as ações que a Diretoria vem realizando na capital e no interior do estado ao longo da gestão. “É importante que os trabalhadores acessem os canais de comunicação do Sindicato, para saberem que ações o Sindicato tem desenvolvido”, disse.

Imposto Sindical

Foi falado da importância desse valor para custear a manutenção da luta dos trabalhadores. Durante a assembleia foi colocado em votação a recusa ou aceitação do desconto do valor referente a 1 (um) dia de trabalho, tendo sido aprovado por ampla maioria dos presentes o seu desconto.

Fonte: SINTECT-MA

Compartilhe agora com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *