Siga nas redes

Trabalhadores Ecetistas lançam frente ampla em defesa dos Correios

Publicado em 04/07/2019

Fonte:


A luta pela manutenção dos Correios público, estatal e à serviço da população exige união e compromisso conjunto. Em 26 de junho de 2019, um movimento inédito fortaleceu a batalha em defesa dos Empregos e da sobrevivência da única Empresa presente em todos os 5570 municípios do País.

A união de Sindicatos, Federações e Associações de Trabalhadores e Trabalhadoras Ecetistas promoveu a construção de uma Frente ampla em defesa dos Correios.

A FINDECT é parte desse movimento, que reúne diferentes visões políticas, diferentes regiões e apenas um desejo: Derrotar a ameaça de privatização! Confira abaixo o Manifesto da Frente Ampla em defesa dos Correios:

 

Manifesto da Frente Ampla Todos Pelos Correios

Pelo fortalecimento dos Correios 100% público para servir ao povo brasileiro

Membros das organizações representativas dos trabalhadores dos Correios de todo o País se reuniram no último dia 26/6, na sede da Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios (FENTECT), em Brasília-DF, para debater um único ponto de pauta: o fortalecimento dos Correios contra a política de privatização.

As organizações foram unânimes na concordância de que o único modo de lutar contra a política aberta de privatização do Governo Federal é a unificação de todos para fortalecer os Correios como empresa 100% pública, que esteja a serviço do povo brasileiro. Essa unificação está formalizada com a criação da “FRENTE AMPLA TODOS PELOS CORREIOS”, que trabalhará de forma incansável, por meio das organizações que subscrevem este documento, até afastar a ameaça de privatização dos Correios, patrimônio do povo brasileiro.

O presente manifesto, que segue assinado por todas as organizações representativas dos trabalhadores dos Correios (ativos e aposentados) de todo o País, tem o objetivo de formalizar a unificação destas organizações e de todos os seus representados na luta para fortalecer os Correios enquanto empresa pública, bem como impedir que seja levada a cabo a privatização anunciada pelo Governo Federal.

Os Correios estão entre as três instituições públicas de maior credibilidade do País, atrás somente da família e do Corpo de Bombeiros. A confiança do povo nos Correios mostra que a população reconhece o relevante trabalho desenvolvido pela empresa, materializado pela integração do País e pela prestação de serviços consistentes e úteis, que atendem aos anseios dessa população e garante ainda a soberania do Brasil.

Defender a manutenção dos Correios como empresa 100% pública é tarefa nossa (dos trabalhadores) e da população brasileira. Devemos ampliar nossos esforços para explicar que, se a ECT for privatizada, o preço do serviço aumentará e a sua oferta deixará de atingir todo o território brasileiro. Com isso, os municípios brasileiros isolados de tudo e que têm nos Correios um dos poucos pontos de contato com o mundo ficarão totalmente prejudicados. Além da entrega de cartas e encomendas, a ECT faz a entrega de remédios para os postos de saúde, de livros didáticos para as escolas e atende os moradores nas agências, onde podem solicitar ou receber documentos. A importância dos Correios para os brasileiros está nessas atividades cotidianas de promoção do bem-estar social, que constituem a essência da natureza da estatal.

Desta forma, o trabalho da “FRENTE AMPLA TODOS PELOS CORREIOS” deve ser de encampar a luta contra a privatização dos Correios, explicando à população brasileira as vantagens de contar com uma empresa pública. É preciso atuar nas redes sociais esclarecendo à população a relevante atuação dos Correios e desmentindo as inverdades usadas para tentar justificar a privatização de bem público que não faz nenhum sentido, atuar no âmbito parlamentar buscando apoio para fortalecer os Correios a serviço do povo brasileiro e explicar aos trabalhadores a importância de lutar nesta campanha salarial na defesa dos direitos conquistados e, principalmente, dos empregos que, certamente, serão atingidos com a privatização.

Pelo fortalecimento dos Correios 100% público!

Diga não à privatização dos Correios!

#TodosPelosCorreios

Assinam o presente manifesto: Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (FENTECT); Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (FINDECT); Associação Nacional dos Trabalhadores da ECT (ANATECT); Associação dos Analistas de Correios do Brasil (AACB); Associação dos Profissionais dos Correios (ADCAP); e Federação dos Aposentados, Aposentáveis e Pensionistas dos Correios e Telégrafos (FAACO).

 

Compartilhe agora com seus amigos