Siga nas redes

#OpiniãoEcetista: Papo de gente grande!

Publicado em 06/08/2018

Fonte:


O “problema” dos Correios não são as “indicações politicas”! Essa é, na verdade, a consequência do “problema”, e não a causa.

Mas, desgraçadamente, uma pá de oportunistas (sedentos por cargos) nos fizeram acreditar que esse é o “x”, e que resolvido isso, tudo entrará nos trilhos…

Só que não! 😱😱😱

A dificuldade que temos hoje de atrair pra luta muitos colegas deriva justamente dessa confusão entre “causa” e “efeito”, e não à toa esses muitos colegas se rendem às ilusórias promessas privatistas de Bolsonaro, ou Alckmin… porque acabam por acreditar que “se o problema é politico, que se f… a politica, o governo e as empresas do governo!”

Mas, então, qual a causa ou quais as causas do “problema”? E qual é mesmo a “relevância” de se saber?

Na raiz do problema, há a secular luta entre Brasil soberano, independente, desenvolvido e próspero e, do outro lado, o Brasil colônia, espoliado por empresas e potências estrangeiras, empobrecido porque tem que ser “barato” o que se vende aqui (principalmente a mão de obra) pras empresas e potências estrangeiras…

E, graças à essa dualidade, à essa contradição, aqui o “privado” sempre conviveu em guerra de morte com o que é “público”… e pouquíssimas vezes na história um foi exitoso em complementar o outro, como ocorreu em países que se tornaram desenvolvidos por isso.

Nos Correios, tivemos algumas oportunidades de atacar de frente as causas REAIS dos problemas que enfrentamos, e exemplifico nas duas mais recentes iniciativas que considero necessário rever – e essas DUAS são justamente as mais atacadas de frente pelo golpista Michel Temer: o PCCs e o “Projeto Estratégico Correios 2020”!

Infelizmente, como disse acima, quem tinha a oportunidade de assimilar tais iniciativas, e modifica-las para fortalecer o caráter PÚBLICO da ECT, além de elevar a empresa a outro patamar financeiro, optou por aceitar o discurso oportunista de quem se propunha a seguir aquele pato amarelo da Fiesp, em 2013… mas isso já é outro papo! (segue)

Texto de: HENRIQUE COLLARES
ECETISTA LOTADO NO RS




A opinião do autor acima não representa a opinião geral da FINDECT, sendo esse espaço apenas um veículo de divulgação de diferentes visões, todos os direitos e responsabilidades correspondem ao autor.

Compartilhe agora com seus amigos